quarta-feira, 22 de junho de 2011

Presidente da VIVO chega hoje em Santarém

O presidente da VIVO, Roberto Lima, chegará hoje em Santarém . O executivo está se despedindo da presidência da empresa após seis anos de trabalho e cumpre agenda de visitas nas diversas regionais da empresa, entre elas a de Santarém.
Roberto Lima, que foi responsável por levar a VIVO para o topo entre as operadoras brasileiras de telefonia, está também deixando a presidência com a marca de um executivo com grande sensibilidade social. Esse é um dos principais motivos de sua visita em nossa região.
Amanhã ele partirá para a comunidade de Suruacá, no rio Tapajós, onde a marca da responsabilidade social da empresa que comandou está presente. Desde 2009, o Projeto Saúde e Alegria e a VIVO vem desenvolvendo o projeto Conexão Amazônica. Em uma área com mais de 70 comunidades, onde antes não havia telefonia celular, os moradores hoje experimentam muito mais, como o poder da internet para interagir na sociedade da informação e difundir sua cultura e expressar suas demandas sociais.
A projeto vem permitindo experimentar o acesso à Internet através do 3G com rádios de grande alcance da Ericson a partir de duas antenas. Uma instalada na pequena Belterra, cidade com cerca de 14 mil habitantes, e outra na comunidade de Suruacá, movida à energia solar
Roberto Lima (ao centro) e os coordenadores do PSA, Eugênio e Caetano Scannavino
Cerca de 100 celulares smartphone com créditos e acesso livre à Internet foram doados para agentes comunitários de saúde, lideranças, jovens repórteres, permitindo o uso comunitário da tecnologia. São usados para ligações de articulação comunitária, denunciar crimes ambientais, pedir socorro em casos de emergências médicas e tantos outros serviços. Em 15 comunidades-pólos, com o uso de smartphones e laptops doados pelo projeto, jovens estão aprendendo a fotografar e filmar o dia a dia de suas comunidades, produzindo vídeos educativos e culturais, mostrando que debaixo da floresta da gente, tem gente.
É isto que Roberto Lima vai presenciar em Suruacá, onde os jovens vão mostrar o resultado de suas produções. Ele também visitará a comunidade de Maguari, e no dia seguinte, a cidade de Belterra.
O fundador do Projeto Saúde e Alegria, Eugênio Scannavino, resumiu a importância da parceria proporcionada por Roberto Lima:
“Nós sempre lutamos muito para levar a voz dessas comunidades da floresta para o mundo, para que sejam reconhecidas, para a identidade cultural delas ser valorizadas, para que possam também entender o que está acontecendo lá fora, e a importância delas para a proteção da floresta. Nós somos sonhadores e encontramos o presidente de uma empresa que também é sonhador. O Roberto Lima, trouxe com a VIVO um sinal muito importante porque não foi simplesmente um sinal de celular. Foi um sinal de reconhecimento, de valorização das comunidades, foi de amizade. Muitas vezes, um sinal de socorro de alguém em numa comunidade com um parente doente, um sinal de alerta de meio ambiente sendo destruído, um sinal de que eles têm muita coisa pra dizer, tornando comunidades que eram isoladas, em comunidades tradicionais sim, da floresta sim, com uma cultura muito rica sim, mas isoladas não mais”.
Do blog da Rede Mocoronga

Um comentário:

Mumu Lopes disse...

Oi mônica tudo bem! Trabalho na VIVO de Minas e gostei muito do seu blog. Faço Gestão de Recursos Humanos e Estou fazendo um trabalho sobre responsabilidade social e sustentabilidade da Empresa VIVO. Eu tenho muito interesse em saber mais detalhes sobre o projeto BELTERRA. Você poderia me falar mais sobre detalhes ou teria algum material que eu possa ultilizar?? Se tiver agradeço demais!! Vai me ajudar muito! Bjos