sexta-feira, 24 de junho de 2011

Jatene visita Belterra

altO Governador do Estado Simão Jatene veio à Belterra na última quarta-feira, 22, e foi recebido pelo Prefeito Geraldo Pastana. Jatene visitou o Hospital Municipal, onde vistoriou o início da construção do bloco cirúrgico e acompanhado do secretário de estado de obras públicas, assinou a ordem de serviço. Em seguida, conheceu o Centro de Memória de Belterra, no Bosque das Seringueiras e discursou para os belterrenses. Estiveram na comitiva do governador o vice-governador, secretários de estado, deputados federais e estaduais, secretários municipais, vereadores, lideranças políticas e centenas de populares.

DISCURSOS
O prefeito Geraldo Pastana ressaltou a importância da visita de Jatene à Belterra e da manutenção dos serviços estaduais no município. Enfatizou também sobre o Centro  de Memoóia de Belterra e a representação do Instituto Butantan no município. Pastana solicitou apoio ao governador para a construção de um poço no hospital municipal e solicitou parceria do governo do estado para duas ações prioritárias; a restauração da Escola Santo Antonio e para a execução do projeto de dezenas de prédios históricos através da Oscip AmaBrasil.
O govenador Jatene garantiu honrar os compromissos assinados mas não prometeu respostas imediatas  aos pedidos do prefeito Pastana. Referiu-se ao ao Instituto Butantan como parceiro fundamental para o desenvolvimento da pesquisa na Amazônia. Ele também disse ter gostado do Centro de Memória e deixou a seguinte frase: “Quem não tem história e não tem memória, não tem cultura”.
Texto de Edmuundo Bahia

 ESTADO DO TAPAJÓS
Apesar de fugir das respostas sobre a possibilidade de criação do Estado do Tapajós, é perceptível os objetivos que cercam a realização deste governo itinerante de Jatene em Santarém, Belterra e Mojuí dos Campos. Ele quer mostrar que o Oeste não precisa de divisão alegando a presença do Estado com a promessa de várias obras para a região.

Nenhum comentário: