terça-feira, 10 de maio de 2011

Centro de Memória de Belterra completa seu primeiro ano de funcionamento

Do blog da Míriam de Sousa

Centro de Memória de Belterra (Foto Paulo Lima)
O Centro de Memória de Belterra iniciou suas atividades no dia 01 de Maio de 2010. O projeto de resgate da história tem a missão de incentivar e divulgar pesquisas sobre o município através dos acervos disponibilizados para todos que se interessam pelos acontecimentos históricos de Belterra e também de Fordlândia. O espaço foi criado para pesquisas, recuperação de acervos históricos e para realizações de exposições, palestras e oficinas que promovam o conhecimento da história da cidade.

Mônica e Osenildo (Foto Federico Tovoli)
Há alguns anos quando o Instituto Butantan procurava um lugar na Amazônia para a implantação de uma filial, Belterra chamou atenção pelas riquezas naturais e pela história de sua fundação. Em virtude de não haver um local apropriado para o estudo histórico, a antiga casa dos médicos do Hospital Henry Ford foi escolhida para ser a sede do Centro de Memória. Todo esse investimento foi feito numa parceria entre Instituto Butantan, a Oscip AmaBrasil, e a Prefeitura de Belterra. Todos os funcionários são da Prefeitura de Belterra e estão cedidos para o Projeto Butantan Amazônia Muiraquitan Brasil, sendo coordenado por Monica de Almeida, Osenildo Maranhão como arquivista e agente de atendimento, e Marcela Lobato como auxiliar nos serviços gerais.

Mônica e Osenildo (Foto Federico Tovoli)

O Centro de Memória funciona na Vila Americana, no Bosque das Seringueiras, próximo a Prefeitura Municipal.
* Matéria completa na edição do dia 07 de Maio de 2011 do Jornal A Corrente.

Nenhum comentário: