sábado, 16 de outubro de 2010

Brasão de Belterra

Autoria: Mirasselva Rodrigues de Sousa


Simbolismo

1. O Escudo Samnítico usado para representar o Brasão d'Armas de Belterra foi o primeiro estilo introduzido em Belterra, tendo sua autora se inspirado no distintivo de identificação da Companhia Ford Industrial do Brasil. Esse estilo foi o primeiro também introduzido no Brasil, herdado pela heráldica brasileira como evocativo da raça colonizadora da nossa nacionalidade;

2. O sol nascente em amarelo, que se sobrepõe, é o símbolo universal da vida, e a cor representa a riqueza da região;

3. A faixa esvoaçada em vermelho com a palavra "Belterra" ladeada pelos milésimos "1934" e "1995" em letras e números prateados, representa a liberdade, com as datas da fundação e emancipação política;

4. O triângulo branco representa a própria cidade e a seringueira colocada sobre ele em cores naturais representa a origem, a fundação de Belterra. O receptáculo para a colheita do látex que guarnece a seringueira, representa os desbravadores seringueiros que ajudaram a construir Belterra. A pomba branca colocada como adorno à frente da seringueira representa a Paz reinante na cidade;

5. O polígono à destra, em campo azul, representa o rio Tapajós e o céu da região. A cor azul é o símbolo de justiça, nobreza, perseverança, zelo, lealdade, recreação e formosura. O distintivo prata, em cima, com a palavra "Ford" em preto e a sigla "CFIB" (Companhia Ford Industrial do Brasil), também em preto, representam o fundador de Belterra;

6. O metal prata é o símbolo heráldico de paz, amizade, trabalho, pureza e religiosidade.

7. O polígono à sinistra, em campo verde, representa a floresta, a região amazônica, e a faixa que se sobrepõe representa as estradas que os seringueiros buscaram para alcançar o progresso. Representa, também, o caminho que os belterrenses tem a percorrer em busca de melhores dias;

8. A cor verde é o símbolo da natureza, da esperança, da grandeza e da fartura;

9. Os ornamentos exteriores, as palmeiras imperiais colocadas tanto à destra quanto à sinistra do Escudo, representam o prédio onde fora instalada a primeira Sede do Executivo Municipal (Prefeitura);

10. No listel vermelho, cor simbólica da dedicação, amor pela Pátria, fertilidade, audácia, intrepidez, coragem e valentia, contém toda a esperança do povo de Belterra através da frase em letras prateadas "LIVRE PARA O PROGRESSO".

Informações do Blog Conhecendo Belterra, editado por Míriam de Sousa. Belterrense, formada em letras, amante da arte, da cultura e do meio ambiente.

2 comentários:

Julimar disse...

Mirian, tem que colocar o brasão na página de Belterra na Wikipédia http://pt.wikipedia.org/wiki/Belterraeu já até coloquei, mas alguem tira, tem que por as referências, e como sua mother é a criadora, achei uma boa você postar lá ;) abraços

Julimar disse...

opa, confundi os blogs,