segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Santarém sediou Fórum Amazônico de Software Livre

Por Jansen Sena.

Distante quase 1000 km da capital do estado do Pará, Santarém, uma pequena e calorosa cidade localizada na região do Médio Amazonas, abrigou o FASOL 2.0 (Fórum Amazônico de Software Livre) na primeira semana de setembro. Conhecida como “Peróla do Tapajós”, a cidade presencia o mágico encontro das águas barrentas e verdes dos rios Amazonas e Tapajós, respectivamente, e esbanja uma beleza natural única o que lhe confere o título de “Caribe Brasileiro“. Mais interessante é notar que a cidade tem criado nos últimos anos um clima favorável e de sucesso para associar sua beleza natural a um ambiente colaborativo de compartilhamento do conhecimento por meio do software livre.

A cada ano, a comunidade de software livre de Santarém tem aumentado, amadurecido e evoluído consideravelmente. O próprio FASOL 2.0 é uma prova viva da força desses aguerridos guerreiros do software livre. Esse ano, tive a oportunidade de estar novamente na cidade para participar do evento. Ministrei dois mini-cursos: um de shell script e outro de configuração de servidor de emails com software livre; e ainda apresentei a palestra “Software Livre: Quais São os Nossos Desafios?”, todos no último dia.

Palestrantes e organizadores do FASOL 2010.

O evento contou com outros palestrantes nacionais e locais que abordaram temas técnicos e outros relacionados à inclusão digital e ao movimento de software livre, por exemplo. Dentre os palestrantes estiveram presentes a Prof. Dra. Fátima Conti (Universidade Federal do Pará), João Fernando (Revista Espírito Livre), Daniel Bruno (Projeto Fedora Brasil), Jader Gama (Projeto Puraqué), Wilken Sanches (Coletivo Digital), Enoque Calvino (UFOPA), Carlo Seixas (Futura Ubuntu), Rommel Sousa (Comunidade SOL e Ministério Público do Amazonas), Paulo Lima (Projeto Saúde & Alegria), dentre outros. Mini-cursos técnicos de assuntos variados também estiveram presentes na grade de programação do FASOL. Um deles, conduzido por Rommel Sousa, da Comunidade SOL Software Livre e do Ministério Público do Amazonas, sobre edição de vídeos com software livre, produziu como resultado prático um pequeno documentário sobre o próprio evento utilizando imagens gravadas ao longo da semana em que o FASOL foi realizado. O vídeo, exibido na sessão de encerramento, pode ser assistido AQUI.

Uma das coisas mais interessantes do evento foi a ampla participação de crianças das escolas públicas ao longo do dia para realizarem atividades nos mais de 250 computadores instalados com software livre e acesso à Internet para essa finalidade. Inclusão digital na prática!!!

Enfim, Santarém e toda sua comunidade de software livre estão, novamente, de parabéns! Ficarão boas lembranças desses dias de setembro de 2010.

Nenhum comentário: