quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Polyana Ferrari na Campus Party 2010

Tive uma surpresa legal ao chegar em uma das conversações da Rede Vivo aqui na Campus Party em São Paulo. Uma das participantes da mesa, era a Professora-Doutora Polyana Ferrari. Eu já tinha lido o livro dela, Jornalismo Digital quando fazia a faculdade de jornalismo no IESPES e comentei com ela sobre isso. Ela ficou muito encantada e depois veio outra surpresa, ela propôs um intercâmbio entre nossos jovens repórteres da Rede Mocoronga com os alunos de jornalismo da PUC aqui de São Paulo.

Publico aqui um texto que ela publicou no site Jornalistas da Web:

3G na Amazônia

Redes, colaboração e muita plataforma de desenvolvimento invadem o estande da Vivo na #cpartybr (Campus Party Brasil). Aplicativos serão disponibilizados para 51 milhões de clientes Vivo no Brasil. A empresa, que adota uma postura horizontal de compartilhamento de conhecimento e tecnologia, apoia o projeto Belterra: como ir muito além da conexão 3G nas comunidades ribeirinhas da Amazônia.

Desde novembro de 2009, a Vivo está fazendo acontecer a comunicação da Rede Mocoronga. O atual projeto integra 20 mil pessoas que vivem da pesca, agricultura de subsistência e extrativismo. "Sem conexão não conseguíamos dar voz a nossa causa e problemas", diz Monica de Almeida, coordenadora da Rede de Telecentros de Inclusão Digital e líder dos movimentos da juventude de Belterra.

Estudante de Jornalismo em Santarém, Monica parou de ir para a universidade pela distância, mas pretende voltar quando chegar uma nova instituição no local. Leitora do livro "Jornalismo Digital", de minha autoria, Monica recentemente migrou do Blogspot para o Wordpress e está feliz com a força da nova plataforma. "A Web viabiliza e potencializa a nossa voz".

Foi um prazer conhecer essa jornalista cidadã na #cpartybr

Nenhum comentário: