sábado, 30 de maio de 2009

Volta do Roxette?

Conhecida por suas baladinhas românticas e canções ensolaradas, a banda Roxette, formada pelos suecos Per Gessle e Marie Fredriksson, anunciou seu retorno para este ano. A dupla vai se apresentar nos festivais “New Wave 2009” (em julho, na Letônia) e “Night of the Proms” (a partir de outubro, Bélgica, Holanda e Alemanha), este último conhecido por unir grupos de música pop e clássica.

O Roxette foi criado oficialmente em 1986. Gessle e Marie, porém, já participavam de outros projetos: ele fazia parte da banda Gyllene Tider, uma das mais populares na Suécia, e ela tinha uma carreira solo recheada de prêmios. Marie chegou a fazer backing vocal em alguns trabalhos de Gessle, até que as gravadoras tiveram a brilhante ideia de colocar a talentosa loira em evidência – e cantando em inglês. Foi quando surgiu a dupla Roxette, cujo nome é inspirado em uma música da banda inglesa Dr. Feelgood.

Rapidamente o Roxette ganhou o topo das paradas na Suécia, lançando dois álbuns e fazendo turnês. Mas a história mais interessante é como eles se tornam conhecidos mundialmente. Em 1988, um estudante americano voltou de férias da Suécia levando um cassete de “The Look”. A música começou a tocar nas rádios americanas, sem que o disco nem tivesse sido lançado nos Estados Unidos.

Após o sucesso involuntário, a EMI decidiu lançar o Roxette nos Estados Unidos. No fim dos anos 80 e início dos anos 90, a banda conseguiu alcançar o número 1 das paradas americanas e europeias com músicas como “The Look” e “Listen to Your Heart”. O auge de Gessle e Marie aconteceu quando “It Must Have Been Love” virou tema romântico de Julia Roberts e Richard Gere em “Uma Linda Mulher” (1990).

A partir daí, o Roxette emplacou sucessos no mundo inteiro, com turnês mundiais incluindo África e América Latina. Em 1993, eles se tornaram a primeira banda de língua não-inglesa a participar do MTV Unplugged. Em 1994, foram o primeiro grupo ocidental a ter autorização para tocar na China desde o Wham!, em 1985.

Empolgados com o sucesso na Espanha e na América Latina, Marie e Gessle decidiram gravar alguns sucessos do Roxette em espanhol (“Baladas em español” – 1996). Ganharam o disco de platina na Espanha.

O Roxette nos anos 80

O último disco em estúdio do grupo foi lançado em 2001, “Room Service”. O Roxette parecia ter chegado ao fim quando, em 2002, Marie Fredriksson foi diagnosticada com um tumor no cérebro. Felizmente, a cantora se recuperou após uma cirurgia. Desde então, o Roxette só lançou compilações. Em 2005, o grupo recebeu um prêmio porque "It Must Have Been Love" havia sido executada mais de 4 milhões de vezes nas rádios americanas.

No início de maio deste ano, após algumas especulações, o Roxette anunciou seu retorno. Empolgados, Marie e Gessle deixaram uma mensagem no site oficial da banda: “Será a primeira vez que vamos dividir o palco desde 2001.(...) Nós estamos loucos para tocar nossos maiores hits e cantar juntos com a grande orquestra ‘Night of the Proms’, que vai se encaixar com nossa música muito bem”.


Com informações do Globo.com

Nenhum comentário: